quinta-feira, 20 de julho de 2017

Royal Straight Flash (Tony Lopes)

Nos jogos de azar
Sempre vou muito bem
Mesmo que os dados viciados
Indiquem caminhos equivocados

Nos jogos de amor
Sempre vou muito mal
Mesmo quando atiro o dardo 
Na direção do coração errado

Mas depois de varias doses
E de alguns blefes
Surge misteriosamente
Um Royal Straight Flash 
Porque da última cartada

Ninguém nunca esquece 

quarta-feira, 19 de julho de 2017

UMA CICATRIZ (Tony Lopes)


Foi cruel
E doloroso 
O punhal 
Da rejeição 
Rasgou
Meu peito

Sofri
Chorei 
Perdi tudo
Quase morri

E o que restou?

Uma cicatriz 

Em forma de coração 


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Cansado do espelho (Tony Lopes)

Cansado do espelho
Que não reflete o que eu sou
Ou o que acho sou

Cansado do espelho
Que me julga sem nenhum louvor
E me deixa ver o que sou

Cansado do espelho
E desse modelo que um dia

Você mesmo aprovou

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Amores doentios (Tony Lopes)

Você Inventou amores
Que pareciam normais
Só para achar algum motivo
De me fazer voltar a sofrer

Apostei em seus sorrisos
E Confiei nas suas juras vãs
Mas você teve pressa
De fazer tudo parecer pior
Bem pior do que era antes

E depois de tudo que te dei
Você me abandonou

Outra vez

terça-feira, 11 de julho de 2017

Seus pulmões (Tony Lopes)

Ainda respiro com seus pulmões
Mas já não tenho muito tempo
A sua ausência agora é solida
Como a dor que não havia antes

Os livros que não possuo mais
Mas que ainda lembro
Os discos que não interrompem mais
O meu grande silencio

Quando será que erramos a direção
E perdemos a rota
Pouco importa quem foi o culpado

Ou quem fechou a porta


segunda-feira, 10 de julho de 2017

Tarde no circo (Tony Lopes)


Truques baratos Atraem Amores baratos
Bailarinas Atraem Atiradores de facas

O amor
Está embaixo da pata
Do elefante

Piadas infames Atraem Amores infames
Malabaristas Atraem Domadores

O amor
Está balançando

No trapézio

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Um por dia (Tony Lopes

Mate um canalha
Mesmo que o canalha seja você
Mate um escroto
Esse escroto que vive em você

Mate um político
Antes que ele acabe com você

Mate um biltre
Antes que ele vire você
Mate um cafajeste
Esse cafajeste que você finge não ser

Mate um político
Antes que ele destrua seu poder

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Sentido contrario (Tony Lopes)

Na estrada do desatino
Você vem a cem
E eu sem ninguém
Refém do meu destino

Na estrada da loucura
Sigo mais além
E você nem procura
O que me convém

Na estrada da tristeza
Você me detém
E eu sempre aquém
Perdido na incerteza

E os nossos casos e carros
Cruzam a mesma estrada
Sempre em sentido contrario

Sempre em busca do nada

terça-feira, 4 de julho de 2017

Sou Loki? (Tony Lopes)

Ando pensando que sou loki
Desde aquela manhã de sol
Que a bomba h explodiu
Em uma esquina de São Paulo

Desculpe meu amor
Mas é tão fácil, podes crer
Dizer eu te amo
Que eu não vou mais dizer

Eu só vou amar
E me afundar na lingerie
Para sonhar e caminhar
Como um cyborg
Até virar
Até virar                                                                                      
Até virar bolor.




segunda-feira, 3 de julho de 2017

Na gaveta (Tony Lopes)

As baratas invadiram a gaveta  
E agora vasculham os papeis
Com restos da minha lucidez

Eu só observo distraído
O suave tic tac do relógio
Que sou obrigado a ver

Não estou sozinho
Algumas duvidas me acompanham
Neste calvário

Espero que elas
Apontem algum caminho
Ou solução

Antes que meu tempo acabe
E nada mais reste
Além dessa cruel certeza